Connect with us

Amazonas

Ao lado de Eduardo Bolsonaro, Débora Menezes e comitiva denunciam abusos do Judiciário à União Europeia

Published

on

Manaus (AM) – Ao lado do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), a deputada Débora Menezes (PL-AM) e uma comitiva de parlamentares brasileiros conservadores apresentaram, nessa terça-feira (9), na sede da União Europeia (UE), denúncias contra as condenações e investigações promovidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), violações dos direitos humanos e atropelos constitucionais cometidos pelo STF contra políticos e integrantes da direita brasileira envolvidos no ato de 8 de janeiro de 2023.

Entre as conquistas destacadas pela deputada em Bruxelas está a aprovação de um requerimento para debater no plenário da UE, nesta quarta-feira (10), a atuação do Judiciário brasileiro, por intermédio do deputado Hermann Tertsch, representante do Grupo dos Conservadores e Reformistas Europeus.

“Boa parte do Parlamento ficou chocado com as declarações feitas ontem [terça-feira] e, por isso, teremos a oportunidade de debater a possibilidade de reconhecer o nosso país não mais como uma democracia. Estamos contando com apoios de parlamentares conservadores da União Europeia e, claro, seguimos a agenda com reuniões e encontros para debater o assunto até que ele seja amplamente difundido em todos os poderes da UE”, comentou a parlamentar.

A deputada chegou a gravar vídeos com Eduardo Bolsonaro e o também deputado federal Gustavo Guyer, onde ambos fazem um balanço dos dois dias de agenda em Bruxelas. A comitiva brasileira vai se reunir nesta quinta-feira (11) com congressistas de Haia, na Holanda, para também destacar os excessos cometidos pela justiça brasileira.

Em março deste ano, Débora Menezes e um grupo de 75 deputados e senadores protocolaram na Comissão Internacional de Direitos Humanos (CIDH) da Organização dos Estados Americanos (OEA) petição denunciando violações de direitos humanos por parte o ministro Alexandre de Moraes, do STF, na condução dos inquéritos envolvendo acusados de participação nas manifestações de 8 de janeiro.

A delegação de brasileiros que foi para a UE é formada ainda pelos deputados Gustavo Gayer (PL-GO), Bia Kics (PL-DF), Eduardo Bolsonaro (PL-SP), dentre outros, além de jornalistas.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *