Connect with us

Política

“Arthur Neto não foi importante para minha eleição. Omar Aziz foi”, declarou Plínio Valério durante entrevista exclusiva

Published

on

Em entrevista exclusiva, o senador Plínio Valério (PSDB-AM), explica como foi a sensação de partir do cargo de vereador de Manaus direto para o Senado Federal. Este feito foi vivenciado apenas pelos ex-senadores do Amazonas: Fábio Lucena, em 1982; e Jefferson Peres, em 2002.

 

Plínio Valério conta que seu próprio colega de partido na época, Arthur Virgílio, presidente estadual do PSDB, não o ajudou na campanha para Senado, em 2018. Contudo, quem teve papel decisivo na sua eleição foi o senador Omar Aziz (PSD-AM), que disponibilizou estrutura para as viagens e apoio moral, incentivando para não desistir. Na época, Aziz disputava o governo do estado.

 “Sou companheiro de Arthur de mais 30 anos, mas ele não foi importante para minha campanha. Muito mais importante para eu ter estrutura foi Omar Aziz. Era era candidato ao Governo e viajava com ele para o interior. Até porque nunca tive estrutura para fazer as viagens”, esclarece o senador.

Plínio destaca ainda que na época só contou com o apoio do PSDB para disputar o Senado Federal, porque os candidatos de Arthur, que era Amazonino Mendes, Pauderney Avelino e Alfredo Nascimento haviam saído do arco de aliança, quando surgiu a vaga concorrer o pleito daquele ano.

“Fui candidato só depois que Alfredo saiu do arco de alianças de Amazonino Mendes. Quando Amazonino saiu, levou Alfredo e, então, surgiu a minha vaga”, esclarece.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *