Connect with us

Economia

Campos Neto estima crescimento de 2% do PIB e sinaliza corte na taxa de juros

Published

on

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, disse que o Produto Interno Bruto (PIB) poderá crescer até 2% em 2o23, contrariando a expectativa anterior de 0,6%, sinalizando um corte na taxa de juros, a Selic. A declaração ocorreu durante encontro com líderes do varejo, promovido pelo Instituto para o Desenvolvimento do Varejo  (IDV), em São Paulo, nesta segunda-feira, 12. “A gente vê uma revisão do crescimento de 2023 que chegou a ser 0,6% e 0,7% para perto de 1,8%. Com o número do primeiro trimestre, acho que vai ficar muito difícil essa revisão parar por aí. Muito provavelmente nós teremos revisões mais para perto de 2% até para cima, pelo efeito base do primeiro trimestre ”, disse o presidente do BC a uma plateia de empresários.

Campos Neto disse que o crescimento econômico abre espaço para que a curva futura de juros tenha uma “queda relevante” no Brasil, sinalizando, sem especificar quando, que haverá corte na Selic em um futuro breve. Aos empresários, o presidente do BC disse que o órgão precisa agir com “parcimônia”, explicando que os juros não podem ser reduzidos de forma artificial. “A curva de juros futuros tem tido queda relevante. Isso significa que o mercado está dando credibilidade ao que está sendo feito, o que abre espaço para atuação de política monetária à frente”, disse Campos Neto.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *