Connect with us

Nacional

Conselho de Ética do Senado abre processo contra político flagrado com dinheiro na cueca

Published

on

O Conselho de Ética do Senado decidiu abrir um procedimento disciplinar contra o senador Chico Rodrigues (PSB-RR) pelo episódio em que o parlamentar foi encontrado com dinheiro na cueca em meio a operação da Polícia Federal. A ação ocorreu em 2020 durante busca e apreensão na casa do político.

O pedido de abertura da ação foi realizado pelos partidos Cidadania e Rede Sustentabilidade, em 2020, e sua aprovação é tida como o retorno do colegiado da Casa, já que o Conselho de Ética encontrava-se num hiato de seis anos, com sua última deliberação realizada em 2016.

As legendas que encabeçam o processo pedem a cassação do mandato parlamentar. O senador Renan Calheiros (MDB-AL) foi definido como relator da ação. Em sua defesa, Rodrigues negou ter cometido qualquer irregularidade e alegou que o ato de esconder mais de R$ 30 mil na cueca foi um ato dominado “pelo pânico e pelo medo”. Jayme Campos (União Brasil-MT), presidente do conselho, afirmou que a abertura do processo não significa que haja conclusões precipitadas sobre o caso e que a ação cumprirá todos os requisitos regimentais antes de ser alvo de análise. Na mesma sessão, outros quase casos contra senadores também foram aceitos e outros seis foram arquivados. Uma representação contra o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), por suposta relação com milícias, foi adiada.

Fonte: Jovem Pan

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *