Connect with us

Amazonas

Wilson Lima mantém aprovação acima de 50% em Manaus, 7 meses após reeleição

Published

on

Manaus (AM) – O governador Wilson Lima mantém a aprovação acima de 50% em relação aos votos que alcançou na capital amazonense durante a reeleição, em 2022, sete meses após reeleição.

Wilson teve 59,68%, contra 40,32% de Eduardo Braga. Agora, conforme a pesquisa do Instituto Paraná, divulgada nesta terça-feira (13), o governador aparece com 53,5% de aprovação em Manaus e 45,5% de desaprovação. A margem de erro é de 3,2.

Lima é o único governador do União Brasil que aparece na pesquisa, que lista os chefes do Poder Executivo estadual mais bem avaliados nas 10 maiores capitais do Brasil.

Essa popularidade, apontada no levantamento, pode influenciar na eleição de 2024, sendo que o pleito é para prefeito de Manaus, ou seja, quem Wilson apoiar terá um grande cabo eleitoral.

No momento, o nome que Wilson vai apoiar ainda é incerto, apesar que, até o ano passado, o candidato dele seria David Almeida, que busca reeleição, mas, conforme movimentação nos bastidores da política, a aliança estaria meio estremecida.

Outros candidatos que aparecem logo atrás de David nas primeiras pesquisas de intenção de voto, como o deputado federal Amom Mandel (Cidadania) e o Coronel Menezes (PL) já se aproximam de Wilson, justamente com a intenção de um possível apoio.

Entretanto, vale lembrar que David Almeida apoiou e se empenhou na campanha de reeleição de Wilson no ano passado, inclusive foi às ruas para pedir voto para o governador.

Outra questão que demonstrava a aliança forte entre David e Wilson foi a indicação de Tadeu de Souza, como vice do governador. Com base nisso, conforme seus aliados, o líder municipal espera a retribuição do apoio dado ao governador, que também teria a missão de apontar o nome do vice de Almeida para a corrida municipal.

Em todo o Amazonas, Wilson Lima foi reeleito com 1.039.192 de votos, contra 795.098 votos de Braga. Ele venceu em 33 municípios e Braga em 28.

Com informações do AM 1.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *