Connect with us

Nacional

Boletim Focus aumenta projeções para inflação a 4,90% ao final de 2023

Published

on

Brasília (DF) – O Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (21) aumentou as suas estimativas para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) ao final deste ano, a 4,90%, contra uma estimativa de 4,84% na semana anterior.

A pesquisa foi realizada com economistas ouvidos pelo Banco Central (BC) na última semana. Após o aumento dos combustíveis pela Petrobras na semana passada, houve um aumento de R$ 0,41 por litro no preço médio de venda de gasolina A para as distribuidoras, equivalendo a um reajuste de 16,3%.

Para 2024, a perspectiva para a inflação foi mantida em 3,86%. As projeções para o próximo ano têm maior peso nas decisões do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) atualmente.

Já as projeções para 2025 e 2026 também não tiveram alterações, e ficaram em 3,5% em ambos os anos. 

Mas as estimativas do Boletim Focus continuam acima da meta de inflação. Para 2023, a mediana agora voltou a se distanciar do teto da meta (4,75%) e indica estouro do objetivo a ser perseguido pelo BC pelo terceiro ano consecutivo, depois de 2021 e 2022.

No fim de junho, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, anunciou ao Conselho Monetário Nacional (CMN) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá editar decreto estabelecendo uma meta contínua de inflação a partir de 2025, em substituição à atual meta-calendário.

Haddad e a ministra do Planejamento, Simone Tebet, não deram previsão de quando o ato do Executivo será publicado.

Em relação ao crescimento econômico, a mediana das projeções para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) foram mantidas em 2,25% para 2023. Mas a perspectiva de variação para 2024 subiu na última semana, para 1,33%, ante 1,30% na semana anterior.

Para 2025, a projeção foi mantida em 1,90%; assim como a estimativa de 2% em 2026. 

Para os juros, manutenção das estimativas pela terceira semana seguida, para este e os próximos anos. Para 2023, a projeção ficou em 11,75% e para 2024 ficou em 9%.

As previsões dos economistas para os juros em 2025 e em 2026 é de 8,5%.

Por fim, para o câmbio, os economistas ouvidos para o Focus aumentaram de R$ 4,93 para R$ 4,95 a estimativa para o dólar ao fim de 2023. 

Já para 2024 e 2025, houve manutenção em, respectivamente, R$ 5,00 e R$ 5,09. Para 2025, um aumento para R$ 5,15, ante R$ 5,10 na semana anterior.

Fonte: CNN

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *