Connect with us

Amazonas

Governador do Amazonas exonera investigado em operação da PF e nomeia Coronel Vinícius para Segurança Pública

Published

on

No mesmo dia em que o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público do Amazonas (MPE-AM), em conjunto com a Polícia Federal, deflagrou a operação Comboio, que teve como um dos alvos o general Carlos Alberto Mansur, o governador Wilson Lima (União Brasil) exonerou o militar do Exército do cargo de secretário de Segurança Pública, e promoveu mudanças na pasta nesta terça-feira (29).

O até então comandante-geral da Polícia Militar, coronel Vinícius Almeida, foi escolhido para assumir o órgão, enquanto o coronel Klinger Paiva, que atuava no Comando de Policiamento Especializado (CPE), ficou com o comando da PM.

O nome de Vinícius Almeida já era cogitado para o cargo há alguns meses, uma vez que o general Mansur não era unanimidade na cúpula do governo e nas próprias forças de segurança.

O trabalho do coronel Vinícius no comando da PM-AM é considerado positivo e seu perfil é de um profissional estrategista, qualidade mais que necessária para o cargo de Secretário de Segurança do terceiro estado mais violento do país.

Na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador Capitão Carpê (Republicanos) elogiou o coronel e afirmou que mudanças na secretaria são necessárias para melhorar o quadro de segurança do Amazonas.

“Eu não tenho dúvidas de que ele fará um excelente trabalho. A mudança é necessária; nós precisamos dos órgãos de segurança pública para mudar a realidade do nosso estado”, afirma o parlamentar.

Com informações do Blog do Botelho 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *