Connect with us

Nacional

Justiça absolve Aécio Neves no caso Joesley Batista, Ex-senador era acusado de receber R$ 2 milhões em propina

Published

on

São Paulo (SP) – Nesta quinta-feira, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região confirmou por unanimidade a decisão de 1º grau que absolveu o deputado federal Aécio Neves (PSDB) da acusação de corrupção passiva. O julgamento ocorreu após um recurso do Ministério Público Federal contra a decisão da Justiça Federal em São Paulo.

Em 2017, a Procuradoria-Geral da República acusou Aécio e sua irmã, Andrea Neves, de receberem R$ 2 milhões em propina do grupo J&F, com base em uma delação de Joesley Batista. O deputado sempre negou veementemente as acusações, afirmando que era inocente e que não havia provas.

O relator do processo e os demais desembargadores seguiram o entendimento do 1º grau e decidiram pela absolvição dos réus. Aécio Neves comemorou a vitória, afirmando que foi vítima de uma armadilha política.

A defesa de Andrea Neves lamentou que a justiça tenha sido excepcionalmente aplicada no caso. Já a defesa de Frederico Pacheco de Medeiros confiou na manutenção da sentença absolutória, que foi confirmada por unanimidade.

O advogado de Mendherson Souza Lima sempre acreditou na justiça e celebrou a confirmação da absolvição.

 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *