Connect with us

Amazonas

Prefeitura de Manacapuru exonera secretário denunciado por estupro

Published

on

Manacapuru (AM) – O prefeito de Manacapuru, Beto D’Ângelo, exonerou o secretário municipal de Assistência Social, o pastor Rosinaldo Cavalcante Moura, 51 anos, após ele ser acusado de estupro de vulnerável, assédio e importunação sexual.

Em nota, a Prefeitura de Manacapuru informou que tomou a decisão de exonerar o servidor após tomar conhecimento das acusações por meio de portais de notícias.

“A Procuradoria-Geral do Município realizou consulta no Banco Nacional de Mandados de Prisões -BNMP e aferiu à veracidade da informação, esclarecendo que o ex-secretário se encontrava exonerado das funções do cargo político desde 16 de junho de 2023, por força do decreto nº 1682, editado na respectiva data”, diz um trecho da nota.

Por fim, a prefeitura diz que aguarda a conclusão da instrução persecutória da investigação, garantindo a independência e prerrogativas dos profissionais que estão atuando no caso. Rosivaldo estava no comando da pasta desde a primeira gestão de Beto D’Ângelo.

Apesar da confirmação da prefeitura, a exoneração de Rosinaldo ainda não foi publicada nas redes sociais. A última movimentação dele nas redes sociais foi há três, quando compartilhou uma postagem da secretaria sobre o Dia do Orgulho Autista.

Denúncia

De acordo com informações das investigações, uma mulher relatou, na delegacia, ter sofrido pressão e importunação sexual dentro da sala do secretário, onde teria sido ameaçada de demissão. Caso aceitasse as investidas sexuais, ela teria aumento de salário.

Durante as investigações, outras mulheres denunciaram o secretário por casos parecidos. Ao todo, cinco mulheres já foram ouvidas na delegacia do município.

Conforme informações, ele teria sido preso no Pará, mas a Polícia Civil ainda não confirmou a informação.

Fonte: Amazonas 1

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *