Connect with us

Amazonas

Na CPI das ONGs, Plínio Valério acusa judiciário de favorecer ONGs em decisões judiciais

Published

on

Brasília (DF) – Presidente da CPI das ONGs, o senador Plínio Valério (PSDB-AM), acusa o judiciário de ser aliado das Organizações Não-Governamentais (ONGs) e de favorecê-las em decisões judiciais, durante sessão da comissão nesta terça-feira (1).

Segundo o senador, o poder das ONGs de embargarem obras e áreas de exploração de minério é resultado de uma aliança com partes do judiciário, que emitem decisões favoráveis diante do menor indício de resíduos arqueológicos, levantando dúvidas sobre a veracidade desses indícios.

Plínio comenta que sempre há um desembargador ou juiz federal disposto a conceder liminares para impedir a exploração de áreas de valor econômico, citando o exemplo da região de Autazes, onde uma imensa mina de cloreto de potássio tem sido alvo de embargos sob o argumento de abrigar povos originários, sendo considerada apta para demarcação deu uma reserva indígena.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *