Connect with us

Nacional

Tarcísio anuncia 550 psicólogos e mil seguranças privados para escolas visando evitar novos atentados

Published

on

 O pacote do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), para evitar novos atentados às escolas públicas paulistas, desenhado desde o ataque à Escola Estadual Thomázia Montoro, na Vila Sônia, zona oeste da capital, foi divulgado nesta quinta-feira (13), apos visita a escola, e prevê investimentos de R$ 240 milhões.

O recurso será usado para contratar 550 psicólogos, que circularão em esquema de rodízio pelas 5 mil escolas estaduais, e mil seguranças privados, que vão atuar em escolas de bairros mais violentos ou que têm registros de brigas entre alunos.

Tarcísio disse que as medidas foram adotadas a partir de informações colhidas entre os professores logo após o ataque na Thomázia Montoro.
“Vinte e cinco mil professores responderam ao questionário”, segundo o secretário da Educação, Renato Feder.

Os psicólogos serão uma espécie de apoio a professores que já têm a missão, nas escolas, de identificar alunos com sinais de problemas psicológicos. A ideia é que cada escola receba a visita de um desses profissionais ao menos uma vez por semana.

Eles serão contratados por meio de uma licitação, que ainda está na fase de cotação de preços, e deve ser lançada nos próximos dias. O estado irá contratar empresas que farão a subcontratação dos psicólogos. Serão 16 lotes de escolas, e uma empresa poderá vencer em mais de um lote.

No caso dos profissionais de segurança, a ideia de que eles andassem desarmados também veio dos questionários dos professores, segundo o governador e o secretário. “Nossa ideia nunca foi que eles estivessem armados”, afirmou Feder.

Fonte: Metrópoles

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *