Connect with us

Brasil

Câmara aprova projeto que obriga governo a incorporar funcionários não aproveitados na privatização da Eletrobras

Published

on

Brasília (DF) – Com relatoria do deputado federal Capitão Alberto Neto (PL-AM) foi aprovado, na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei (PL) Nº 1791/19, que dispõe sobre o aproveitamento de empregados das empresas distribuidoras de energia subsidiárias da Eletrobrás, incluídas no Programa Nacional de Desestatização.

De acordo com o deputado, o projeto não apresenta nenhum impedimento constitucional e nem jurídico, e deve assegurar aos servidores concursados a continuidade do trabalho, pois eles serão aproveitados como profissionais em outros órgãos do Governo.

“O projeto permite que após a privatização os servidores sejam alocados em outros órgãos do Governo. Essa aprovação é uma vitória muito importante, precisamos comemorar e seguir unidos para que o PL vire realidade e faça justiça aos servidores da Eletrobras”, declarou Capitão Alberto Neto.

O Projeto de Lei Nº 1791/19, segue para o Senado Federal e após apreciação, sendo aprovado vai para sanção presidencial.

Alteração na Lei no 12.783/13

A Lei no 12.783/13, dispõe sobre as concessões de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, sobre a redução dos encargos setoriais e sobre a modicidade tarifária e dá outras providências.

Pelo Projeto de Lei, ficam acrescidos os Arts. 8º-A, que assegura os direitos dos empregados das empresas subsidiárias da Eletrobrás, que forem desestatizadas, que podem ser lotados em outras empresas públicas ou sociedades de economia mista, e 8ºB, onde contratos firmados pela União e empresas adquirentes deverão dispor de cláusulas específicas referentes à manutenção de postos de trabalho, com garantia de preservação dos direitos e condições de trabalho conquistados.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *