Connect with us

Judiciário

Com novas regras, salários de juízes de Goiás chegam a R$ 170 mil

Published

on

Com uma série de penduricalhos, o salário líquido dos juízes do Tribunal de Justiça de Goiás chegou a 170 mil reais em 2023, valor quatro vezes maior que o recebido por um ministro do STF.

Segundo o Estadão, a remuneração média líquida do TJ-GO, composto por 450 magistrados, é de 78,5 mil reais.

Em maio, quase 200 juízes receberam mais de 100 mil reais no estado. Apenas o juiz Wilson Dias da Silva recebeu 177,4 mil reais no mês, enquanto o presidente da Corte, Carlos Alberto França, recebeu 149,8 mil reais.

Os juízes de Goiás despontaram como os mais bem pagos do país desde que o governador Ronaldo Caiado sancionou, em março, uma lei que transforma as gratificações de cargos e funções comissionadas em verbas indenizatórias, permitindo que os valores sejam pagos acima do teto de 41,6 mil reais e livres de impostos.

Contudo, as novas regras do estado chamaram a atenção do procurador-geral da República, Augusto Aras, que ajuizou uma ação direta de inconstitucionalidade no STF para derrubá-las.

“É inadmissível a elaboração de leis imorais, cujo propósito seja privilegiar alguns poucos indivíduos”, afirmou Aras.

Na sexta-feira (30), o ministro André Mendonça, do STF, deu cinco dias para que as autoridades de Goiás se manifestem sobre a ação da PGR.

Procurado pelo jornal, o TJ-GO afirmou, em nota, que “cumpre rigorosamente a lei e que todas as suas decisões, judiciais e administrativas, estão publicadas na forma da lei”.

Fonte: O antagonista

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *