Connect with us

Nacional

Comandante do exército recebeu R$ 770 mil em fevereiro e março a título de ajuda de custos e indenizações

Published

on

Os pagamentos foram efetuados para o Comandante do exército, General Tomás Paiva, em três operações bancárias, entre os dias 6 de fevereiro e 27 de março.

O maior pagamento, de R$ 388,9 mil, se refere a indenizações pecuniárias por férias não tiradas e outros benefícios típicos da carreira.

Segundo o Exército, Tomás teve direito ao montante por ter férias atrasadas de 2022, férias não tiradas em 2019, 2020 e 2021 e não ter aproveitado a licença especial quando ainda estava em vigor.

O segundo maior pagamento custou R$ 304,1 mil aos cofres públicos. Previsto em lei, o benefício é uma “ajuda de custo” concedida aos militares sempre que um oficial ou praça vai para a reserva remunerada

Fonte: Estado de Minas

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *