Connect with us

Amazonas

Dos 62 municípios do Amazonas, 59 estão sofrendo com a estiagem, aponta Defesa Civil

Published

on

Manaus (AM) – De acordo com a Defesa Civil, o município mais afetado é o de São Paulo de Olivença, localizado na Região do Alto Solimões. Na cidade, são 23.932 pessoas atingidas pela seca, o que representa quase 6 mil famílias.

A cidade de Benjamin Constant, vizinha de São Paulo de Olivença, concentra 18.172 pessoas atingidas pela estiagem que afeta o Amazonas, a segunda mais atingida pelo fenômeno, até o momento.

A lista ainda traz Tefé (13.467 pessoas atingidas), Uarini (8.852 pessoas), Envira (8.396), Itamarati (5.451 pessoas) e Jutaí (2.2496).

Até esta segunda-feira (25), 14 municípios vivem em situação de emergência por conta da estiagem. Os mais afetados são os localizados na Calha do Alto Solimões, onde fica Benjamin Constant e São Paulo de Olivença. Além deles, Atalaia do Norte, Amaturá, Santo Antônio do Içá e Tonantins estão na lista.

Em Atalaia do Norte, o rio secou tanto que a empresa de abastecimento não consegue mais captar água. Mais de 5 mil pessoas estão sem acesso à água potável. A Prefeitura do município informou que está usando caminhões para o abastecimento de água das casas.

Envira, Itamarati, Eirunepé, Envira, Tefé, Coari, Jutaí e Uarini também vivem a emergência da seca dos rios. Outras 15 cidades estão em alerta, 30 em atenção e apenas três estão com os níveis das águas normais.

Estiagem intensa e investimentos

Conforme a Defesa Civil, a previsão é que, devido a influência do fenômeno climático El Niño, que inibe a formação de nuvens de chuva, a estiagem deste ano seja prolongada e mais intensa, se comparada a anos anteriores.

Para minimizar os impactos causados pelo fenômeno climático, o Governo anunciou diversas ações orçadas em R$ 100 milhões.

Entre as medidas anunciadas estão o apoio às famílias afetadas com o envio de ajuda humanitária, distribuição de kits de higiene pessoal, hipoclorito de sódio, além de renegociação de dívidas e fomento aos produtores rurais.

No domingo (24), o governador Wilson Lima disse que as famílias impactadas pela seca poderão receber a ajuda do Governo Federal. O anúncio foi feito pelo governador, após uma conversa com o presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva e o senador amazonense Omar Aziz (MDB).

Além do anúncio, Lima ainda afirmou que viajará nesta terça-feira (26) para conversar pessoalmente com o presidente Lula, em Brasília.

Fonte: g1

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *