Connect with us

Nacional

Flavio Dino aproveita a tragédia de Blumenau e pede regulação da internet

Published

on

O Ministro da Justiça Flávio Dino atribuiu a tragédia em Blumenau (SC) à falta de regulação na internet. A acusação ocorreu por meio de uma publicação no Twitter. Na esteira do crime, ele anunciou medidas que podem resultar em censura em ambiente virtual.

[blockquote style=”blockquote_style2″ align=”alignleft” textcolor=”#ffea00″ background=”#000000″ bordercolor = “#fa2525”]O acervo de causas que leva à ampliação de tragédias está bem visível: proliferação de ódio na sociedade, inclusive por uma internet desregulada e com empresas irresponsáveis; incentivos ao armamentismo e à ideologia da morte; agrupamentos nazistas e neonazistas. Flavio Dino via Twitter[/blockquote]

Para matar quatro crianças dentro de uma creche da cidade catarinense na quarta-feira 5, o assassino utilizou uma machadinha. Ainda assim, o ministro da Justiça usou a tragédia para criticar o “armamentismo”.

Em outra publicação, ele disse que se reunirá com as delegacias estaduais de investigação e repressão a crimes cibernéticos. A Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) vai intermediar o encontro.

“Nesta manhã, o Ministério da Justiça, por intermédio da Senasp, vai fazer uma reunião com as delegacias estaduais de investigação e repressão a crimes cibernéticos”, escreveu no Twitter. “Na pauta, uma operação integrada em todos os Estados sobre violência em escolas e universidades.”

Flávio Dino já havia sinalizado que a internet tinha voltado a mira do Ministério da Justiça ontem, horas depois da tragédia em Blumenau. Sob o pretexto de evitar novos crimes, ele declarou que estava constituindo um “grupo emergencial de monitoramento daquilo que é chamado de deep web e dark web“.

Fonte: Revista Oeste

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *