Connect with us

Amazonas

Lei proíbe apresentações de dança com conteúdo erótico em escolas de Manaus

Published

on

Manaus (AM) – A Câmara Municipal de Manaus (CMM) promulgou a Lei n⁰ 549, que proíbe apresentações com músicas e danças de conteúdo erótico ou sensual nas escolas da rede pública de ensino de Manaus. O autor do projeto, vereador Raiff Matos (DC), considera uma garantia legal de que seus filhos não serão expostos a conteúdos inadequados à sua faixa etária e que estimulem a sexualização precoce.

O vereador menciona o exemplo recente da apresentação “Cavalo Tarado” realizada com alunos da Escola Municipal CIEP Luiz Carlos Prestes no Rio de Janeiro, na qual um vídeo mostrava uma dançarina com uma máscara de cavalo ao som de uma música com teor sexual interagindo com as crianças.

A lei visa inibir essas práticas evitando os possíveis impactos da erotização em jovens. Ela encontra respaldo no artigo 3º do Estatuto da Criança e do Adolescente, que garante o desenvolvimento mental, físico, moral, espiritual e social de crianças e adolescentes em condições de liberdade e dignidade.

“É um entendimento nosso que a lei complementa a Constituição e o Estatuto da Criança e do Adolescente no que diz respeito à proteção da inviolabilidade da integridade física e moral das crianças e dos adolescentes”, afirma Raiff Matos

O projeto de lei que deu origem à lei foi aprovado por unanimidade no Plenário da CMM, mas sofreu um veto total pelo prefeito de Manaus, David Almeida. O veto, porém, foi derrubado. Como não houve nova manifestação do prefeito sobre a derrubada, a lei foi promulgada pela Mesa Diretora da CMM e passa a vigorar na capital amazonense.

Com informações da Assessoria

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *