Connect with us

Nacional

Lula planeja reabrir embaixadas fechadas no governo Bolsonaro

Published

on

Praia (Cabo Verde) – De acordo com relatos à Jovem Pan, o governo de Luiz Inácio Lula da Silva planeja a reabertura de embaixadas em países africanos e do Caribe durante o terceiro mandato do petista. Essa intenção veio à tona após uma declaração do presidente brasileiro durante sua visita ao homólogo de Cabo Verde, José Maria Neves, nesta quarta-feira, 19.

Atualmente, São Vicente e Granadina lidera a Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), que reuniu representantes brasileiros e europeus nesta semana para discutir investimentos. A embaixada neste país caribenho foi fechada durante o governo Bolsonaro, mas fontes ouvidas pela reportagem ressaltam que sua reabertura seria “importantíssima” devido à liderança do país na Celac.

Na África, as embaixadas do Brasil em Freetown (Serra Leoa) e Monróvia (Libéria) foram encerradas, e suas atividades foram acumuladas na embaixada em Acra (Gana). Na região do Caribe, além das embaixadas em Saint John (Antígua e Barbuda), Saint George’s (Granada), Roseau (Dominica) e Basseterre (São Cristóvão e Névis) também deixaram de existir, assim como a de Granadina.

A reabertura dessas embaixadas representa um esforço do governo Lula para fortalecer as relações do Brasil com os países dessas regiões, destacando o papel estratégico e diplomático que tais iniciativas podem trazer para o país.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *