Connect with us

Amazonas

PF destrói quatro balsas usadas em grampos clandestinos no Amazonas

Published

on

Pelo menos quatro balsas que seriam utilizadas em garimpos ilegais no interior do Amazonas foram destruídas pela Polícia Federal (PF). A ação faz parte de uma operação de combate a crimes ambientais realizada no município de  Santo Antônio do Içá, a 880 quilômetros de Manaus, na fronteira com a Colômbia.

De acordo com a assessoria da PF, agentes federais saíram da cidade de Tabatinga e enfrentou cerca de 7 horas de barco até chegar às comunidades localizadas nos rios Içá e Puretê, região do Alto Solimões.

A área, segundo o órgão, é de difícil acesso. Por isso, criminosos aproveitam para cometer crimes, como a extração de ouro. O local também é corredor do tráfico de drogas e de piratas da região.

Conforme a PF, a primeira parada ocorreu na Comunidade Vila Alterosa. No local, foi encontrado um estaleiro que está sendo utilizado para construir balsas que operam na extração de ouro na fronteira com a Colômbia.

Durante a fiscalização no porto, os policiais federais conseguiram apreender uma balsa que estava sendo preparada para ser utilizada pelos garimpeiros.

Outras três balsas que estavam escondidas em meio à mata alagada, área de várzea, também foram encontradas e destruídas. A operação deverá continuar ao longo desta segunda-feira (19).

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *