Connect with us

Amazonas

Prefeitura de Manaus notifica mais de 800 flutuantes irregulares no Tarumã-Açu

Published

on

Manaus (AM) – Mais de 800 flutuantes irregulares localizados no entorno do Rio Tarumã-Açu, na capital amazonense, serão notificados pela Prefeitura de Manaus. O trabalho iniciou na manhã desta quinta-feira (29) e deve ocorrer ao longo dos próximos 30 dias. 

O objetivo é cumprir uma decisão judicial expedida pela Vara Especializada em Meio Ambiente (Vema) para notificar flutuantes irregulares. A ação visa salvaguardar o patrimônio ambiental.

“Nós precisamos preservar os nossos mananciais. Toda a poluição do Rio Tarumã-Açu vai para o Rio Negro e acaba chegando na estação de captação de água de Manaus. As nossas secretarias estarão diariamente, nesses próximos 30 dias, notificando para que os responsáveis por esses flutuantes possam buscar a regularização”, afirmou o prefeito de Manaus, David Almeida.

Os flutuantes que serão notificados atuam com turismo, gastronomia e alguns deles são residências. De acordo com o prefeito, esses flutuantes serão notificados neste primeiro momento. Eles terão trinta dias para se regularizarem junto ao Ipaam e caso não cumpram, o espaço será desmontado.

“Eu garanto que da forma que está não vai ficar. Nós não queremos prejudicar a vida de ninguém, esses flutuantes precisam ser regularizados para evitar que continuem poluindo mananciais”, destacou ainda.

Para o trabalho, mais de 100 pessoas de diversas secretariais municipais estão mobilizadas. E por meio de barcos, a equipe chega até os flutuantes situados em toda a extensão do Tarumã-Açu.

Para chegar nesses locais com segurança, o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antônio Stroski, afirma que serão utilizados GPSs para localização dos flutuantes já identificados.

“Nós vamos estar atuando com quatro lanchas e será uma jornada diária. Nós temos as notificações que preparamos especificamente para isso e cada flutuante terá fixado um adesivo de que ele já foi notificado”, comentou ainda.

A Prefeitura de Manaus reforçou ainda para que flutuantes se regularizem junto ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).

Fonte: A Crítica

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *