Connect with us

Amazonas

Presidente do TCE-AM suspende processo seletivo realizado pela Prefeitura de Anori

Published

on

Depois de identificar possíveis irregularidades na realização de processo seletivo simplificado pela Prefeitura de Anori, o presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Érico Desterro, suspendeu o certame que tinha por objeto a contratação de agente comunitário de saúde e agente de combate às endemias. A medida cautelar foi publicada no Diário Oficial Eletrônico (DOE) do órgão, desta segunda-feira, 24. O prefeito de Anori, Reginaldo Nazaré da Costa (Republicanos), vai ter 15 dias para apresentar as justificativas ao órgão.

O presidente Érico Desterro atuou na relatoria do processo em substituição ao auditor Alípio Reis Firmo Filho, que se encontra em férias. Na decisão, o conselheiro-presidente levou em consideração que a realização do Processo Seletivo Simplificado (PSS) consistia, exclusivamente, em análise documental para seleção dos candidatos a serem contratados. Tal tipo de certame para a contratação vai contra à Lei nº 11.350 de 2006, que prevê a realização de Processo Seletivo Público (PSP) com provas ou análise de títulos.

A análise da situação foi apontada em representação interposta pela Secretaria de Controle Externo (Secex) do TCE-AM que identificou as possíveis irregularidades. Outra irregularidade apontada no processo foi a previsão de vínculo temporário dos agentes, estipulada em seis meses.

De acordo com a mesma Lei nº 11.350/2006, as contratações temporárias só podem ser feitas em casos de surtos epidêmicos, o que não foi demonstrado pela gestão municipal de Anori.

Pelas situações apontadas, o presidente determinou a suspensão do Edital nº 03/2023, impedindo qualquer contratação decorrente dele até que haja justificativa concreta sobre os fatos narrados.

Com informações da assessoria.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *