Connect with us

Amazonas

Edital com investimento de R$ 2 Mi em projetos culturais é lançado pela Prefeitura de Manaus

Published

on

A Prefeitura de Manaus lançou a edição 2023 do edital “Manaus Faz Cultura 3”, aumentando em R$ 2 milhões o fomento para contemplar cem projetos. A ação ocorreu nessa quarta-feira, 15/3, no Museu da Cidade, no Centro, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), via Fundo Municipal de Cultura (FMC), administrado pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura).
A cerimônia aconteceu com as presenças da imprensa, artistas, produtores culturais e estudantes e teve a participação da vice-presidente da Manauscult, Oreni Braga, que ressaltou o papel complementar das atividades da cultura na gestão municipal.
“Realizamos grandes eventos festivos que são relevantes, e que precisam ser mantidos, mas a cultura em sua essência é bem desenvolvida pelo Conselho de Cultura”, pontuou, explicando como funciona a gestão cultural da Prefeitura de Manaus.
Na coletiva de imprensa, o presidente do Concultura, Tenório Telles, destacou o impacto social do programa de fomento cultural em que os compromissos do prefeito David Almeida de descentralizar a política cultural atende os artistas e trabalhadores da cultura das periferias, e gera emprego e renda a essa grande cadeia da indústria criativa.
“Temos chegado em locais onde os jovens vivem o drama do risco social no dia a dia e a prisão da falta de perspectiva, por isso os projetos educativos e culturais têm forte aceitação e geram resultados, criando um ciclo virtuoso”, comentou Telles.
Gestão cultural
O subsecretário de Comunicação, Jack Serafim, comentou sobre a importância da gestão cultural do prefeito David Almeida, que deixa os técnicos fazerem a construção.
“A pandemia nos trouxe esse desafio, de repensar a comunicação, de encarar a cultura como uma ciência, de deixá-la se testar e aprimorar novas iniciativas, novas técnicas, novas metodologias. E é essa nova geração que está sendo chamada para isso e, com um projeto como o Manaus Faz Cultura, nós estamos garantindo que a cultura não vai morrer”, garantiu Serafim.
O vice-presidente do Concultura, Neilo Batista, destacou que o edital “Manaus Faz Cultura” é resultado da sensibilidade do prefeito David Almeida em atender um pedido do conselho de Cultura para descontingenciar um recurso do Fundo Municipal de Cultura.
“Recurso esse que não era utilizado por inoperância da Lei de Incentivo, e, desta forma, não era usado em benefício da cultura local”, e concluiu:
“Quebramos um ciclo de mais de dez anos de prejuízo à cultura, hoje o conselho consegue negociar até cem projetos de oficinas de formação com foco nos bairros periféricos”.
As apresentações artísticas foram realizadas por artistas, professores e alunos, novos artistas, que fizeram apresentações de dança contemporânea, street dance e graffiti. Um número de dança contemporânea foi apresentado pelos dançarinos Branco Souza e Rebeca Santana.
“Este edital nos possibilitou levar dança clássica, contemporânea e de salão aos jovens e adultos das zonas Leste e Centro-Sul da cidade, revelando talentos e salvando vidas”, afirmou Souza.
Evolução
O edital na edição de 2023 vai contemplar os projetos de oficinas de conteúdo artístico-culturais com valor de R$ 20 mil cada: de literatura, dança, teatro e circo, artes visuais, audiovisual, cultura étnica, música, cultura popular, hip-hop e outros, a serem realizadas em todas as zonas da cidade e áreas ribeirinhas do entorno da capital.
Nos anos anteriores foram contemplados 40 projetos em 2021, e em 2022 foram contempladas 60 oficinas no mesmo valor, que descentralizaram o incentivo à cultura em Manaus.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *