Connect with us

Amazonas

Garantido entra em greve horas antes da disputa

Published

on

Parintins (AM). O boi-bumbá Garantido amanheceu com problemas para tirar fantasias de seus galpões, nesta sexta-feira (30). O setor tribal entrou em greve exatamente no dia em que irá realizar a primeira noite apresentação do 56º Festival Folclórico de Parintins.

Horas da disputa com o Caprichoso, no bumbódromo, trabalhadores soldaram a porta do local que confecciona as “cabeças” da batuca, revelou o portal BNC Amazonas.

Os trabalhadores ficaram presos dentro e afirmam que só irão abrir o setor quando a direção do bumbá pagar. Esta não é a primeira vez que o ‘Boi da Baixa do São José’ faz esse tipo de apelo horas antes da apresentação no bumbódromo.
Fontes do BNC na Cidade Garantido informam que outros setores fazem “operação tartaruga” justamente para receberem as horas trabalhadas.

Até o touro branco, item principal do espetáculo da agremiação, está em greve. Denildo Piçanã, artista que confecciona o boi, só vai liberar a bumbá se receber o combinado que até o momento não foi feito.

Vale lembrar que o presidente do Garantido, Antônio Andrade, foi afastado do cargo na noite da última sexta-feira (23). A decisão foi feita pelo presidente do Conselho de Ética da agremiação folclórica, Gerson de Oliveira Rodrigues.

A Associação Folclórica Boi Garantido publicou uma nota no dia 19 de junho, ameaçando não participar do Festival Folclórico de Parintins 2023. O documento foi assinado pelo presidente da agremiação, Antônio Andrade, que alegou nesta ocasião dificuldades financeiras.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *