Connect with us

Amazonas

Piratas roubam 4 milhões de litros de combustíveis no rio Amazonas

Published

on

Manaus (AM) – Garantir a segurança no transporte aquaviário no estado está cada dia mais difícil. Para se ter uma ideia nos últimos 18 meses, ocorreu um roubo de aproximadamente 4 milhões de litros de combustíveis de embarcações na região amazônica, revelou o BNC Amazonas.

Conforme o BNC, grupos criminosos estão ativos desviando esses produtos, cruciais para abastecer cidades e gerar energia em áreas desconectadas da rede elétrica nacional, principalmente em áreas mais distâncias das cidades.

Dados do Instituto Combustível Legal (ICL) e do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) revelam essa situação preocupante, levando-os a buscar ações conjuntas das autoridades para combater essa atividade criminosa.

Rio Amazonas

O Rio Amazonas, com sua extensão de 6.571 quilômetros, é uma via hidroviária vital para o transporte de diversos produtos. A região vê cerca de 11 bilhões de litros de combustíveis negociados anualmente. Contudo, a vulnerabilidade da segurança torna o transporte de insumos desafiador.

Valéria Lima, diretora-executiva de Downstream do IBP, destaca que a segurança no rio Amazonas é um desafio abrangente, afetando até mesmo embarcações de passageiros.

A ação criminosa foca nos combustíveis por serem insumos essenciais para várias atividades, como aviação e garimpo irregular. Os institutos defendem integração de dados, forças-tarefa e leis mais rigorosas para combater esse problema.

Diante dessa situação, as transportadoras têm buscado serviços de segurança privada para proteger os comboios fluviais. IBP e ICL elaboraram um manual para orientar empresas que optam por escoltas armadas, o que tem contribuído para reduzir as ocorrências.

No entanto, essa medida aumenta custos e riscos, incluindo possíveis tiroteios e vazamentos de combustíveis nos rios.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *