Connect with us

Amazonas

Prefeitura de Manaus cancela participação em primeiro Casamento Coletivo LGBTQIAPN+

Published

on

Manaus (AM) – Após anuncio, na última quarta-feira (3), da realização do 1º Casamento Coletivo LGBTQIAPN+ na capital, a Prefeitura de Manaus decidiu não participar mais do evento marcado para o dia 30 de agosto agora liderado somente pela Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB-AM).

Nos bastidores, fala-se que o Prefeito David Almeida (Avante) teria recebido críticas e cobranças de membros da igreja evangélica. O eleitorado evangélico é um grande público-alvo que Almeida busca captar votos durante a disputa à reeleição em 2024.

Diante disso, A OAB-AM decidiu seguir com a programação do casamento coletivo firmando parceria com a Caixa de Assistência dos Advogados do Amazonas (CAAAM) e publicou uma nota de esclarecimento: “A parceria com a Prefeitura de Manaus não deu certo, mas a caixa de Assistência dos Advogados do Amazonas – CAAAM informa que haverá casamento coletivo LGBTQIAPN+”

o presidente da CAAAM, Dr. Alberto Simonetti Neto confirmou a celebração. “Em 2014, enquanto presidente da OAB-AM, eu realizei o 1° casamento LGBT da Região Norte. E agora não seria diferente, a Comissão
LGBTQIAPN+ da CAAAM já está atuando para realizar mais um casamento coletivo. Vamos juntos oficializar uniões e celebrar o amor”, escreveu nas redes sociais.

O Casamento Civil Coletivo –  LGBTQIAPN+  será realizado no dia 30 de agosto de 2023, no auditório Rubi da OAB-AM, O casal que deseja oficializar a união pode fazer a pré inscrição pelo link  de formulário abaixo 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *