Connect with us

Amazonas

Prefeitura desiste de contratar Hapvida; Guedes denunciou direcionamento

Published

on

Manaus (AM) – O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), desistiu de contratar plano de saúde da empresa Hapvida para atender os servidores municipais. A ideia era substituir o Serviço de Assistência à Saúde do Município de Manaus (Manausmed) pelo plano de saúde da Hapvida.

A decisão foi comunicada nesta segunda-feira (26) pelo líder do prefeito na Câmara Municipal de Manaus (CMM), Eduardo Alfaia (PMN).

O vereador explicou que a decisão foi tomada após o prefeito ouvir servidores de diferentes secretarias. “Por uma decisão administrativa, o prefeito está pedindo que comunique que essa contratação [da Hapvida] não acontecerá, que os servidores públicos ainda continuarão sendo atendidos pelo Manausmed”, disse o líder do prefeito.

No entanto, o vereador de oposição Rodrigo Guedes (Podemos) já havia feito uma denúncia de direcionamento do Pregão Eletrônico nº 002/2024, que contratou a operadora de saúde no valor de R$ 108 milhões com a Prefeitura de Manaus.

O plano de saúde ia atender 40.569 pessoas vinculadas à Manausmed, dentre 27.855 servidores e 12.714 dependentes.

Antes do recuo, a prefeitura informava que o objetivo da contratação da Hapvida era ampliar os serviços de saúde oferecidos pelo Manausmed, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad).

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *