Connect with us

Amazonas

Vereador Peixoto denuncia casa de shows K4 Lounge por poluição sonora

Published

on

Manaus (AM) – O vereador Peixoto (Agir) denunciou, na Câmara Municipal de Manaus (CMM) nesta terça-feira (10), a situação no conjunto Parque das Laranjeiras, em Flores, zona Centro-Sul de Manaus, onde os moradores estão incomodados com a casa de shows K4 Lounge. Eles reclamam da poluição sonora, do caos causado por frequentadores e flanelinhas nas ruas próximas à casa noturna.

O vereador enfatizou que a cidade está enfrentando desrespeito ao planejamento urbano, com estabelecimentos comerciais sendo abertos em áreas residenciais, desobedecendo as leis de silêncio e poluição sonora. Ele mencionou que a K4 Lounge realiza eventos ao ar livre de quinta a domingo, sem isolamento acústico adequado, perturbando os moradores com música alta.

Além da poluição sonora, os residentes também se queixam do tratamento desrespeitoso por parte dos frequentadores da casa noturna, bem como de vendedores ambulantes e flanelinhas que ocupam a região. Em alguns casos, os moradores não conseguem estacionar em suas garagens devido ao bloqueio por outros veículos.

Outras preocupações incluem o acúmulo de lixo nas ruas, a falta de segurança e a ocorrência de rachas entre carros e motos. Peixoto leu relatos de moradores que confirmam a insatisfação geral na vizinhança.

O vereador esclareceu que sua denúncia não é contra os empresários do setor de entretenimento em Manaus, mas visa a proteger o bem-estar dos moradores e o cumprimento das normas urbanas na cidade.

Antigas infrações

O K4 Lounge tem um histórico de várias infrações e chegou a ser fechado devido à aglomeração de pessoas em janeiro de 2022, por ação da Central Integrada de Fiscalização (CIF).

Além disso, o estabelecimento já recebeu autuações por diversas razões, incluindo o uso irregular de equipamento de som, a falta de alvará de funcionamento e a presença significativa de menores de idade consumindo bebidas alcoólicas e se embriagando.

O vereador Peixoto destaca a necessidade de novas fiscalizações no local e solicita que a Prefeitura verifique junto ao Implurb, à Semmas e à Vigilância Sanitária se a casa de shows possui todas as licenças ambientais necessárias, se possui alvará de funcionamento e por que foi autorizada a reabertura após as autuações anteriores. Ele enfatiza a importância de garantir a segurança e o cumprimento das regulamentações para proteger a comunidade.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *