Connect with us

Amazonas

Vereador Sassá é barrado ao tentar fiscalizar novo aterro sanitário de Manaus

Published

on

Manaus (AM) – O vereador Sassá da Construção Civil (PT) foi proibido de entrar na obra do novo aterro sanitário de Manaus que está sendo construído no ramal Itaúba, quilômetro 13 da BR-174, no bairro Tarumã, zona oeste da capital, quando ia fazer fiscalização no empreendimento.

De acordo com o parlamentar, ao chegar no local, na última quinta-feira (19), ele foi proibido de entrar e informado na portaria que seria necessário reagendar a visita, que foi programada pela Comissão de Meio Ambiente, Recursos Naturais, Sustentabilidade e Vigilância Permanente da Amazônia da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Segundo Sassá, o objetivo da visita era entender os riscos potenciais de ameaça ao lençol freático em decorrência do chorume, e se foi respeitada a distância de nascentes, igarapés, cursos de água, da fauna e da flora local. O vereador afirma que não foi avisado antecipadamente sobre o cancelamento.

“Hoje fui cumprir o meu papel de vereador e fiscalizador do povo, cheguei no novo aterro de Manaus para fiscalizar a obra e buscar entendimento dos reflexos no impacto ambiental que a nossa cidade terá e, para nossa minha surpresa, fui impedido de entrar e cumprir meu papel de parlamentar”, comentou o vereador.

Segundo o parlamentar, a decisão de impedir a entrada de uma autoridade política viola uma das principais prerrogativas do vereador, de fiscalizar os atos do Poder Executivo, conforme determinada pela Constituição Federal e Lei Orgânica Municipal.

Vale ressaltar que o Ministério Público do Amazonas (MP-AM) já informou o prazo final para o encerramento das atividades do Aterro Sanitário, localizado na AM 010, que deverá ser interrompido impreterivelmente no dia 31 de dezembro.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *