Connect with us

Amazonas

Deputado defende extração de minério sustentável e destaca planta que substitui o mercúrio nos garimpos

Published

on

Manaus (AM) – O deputado Dr. George Lins (União) defendeu a necessidade de buscar alternativas para tornar o garimpo uma atividade sustentável no Amazonas, destacando pesquisas científicas que visem a redução dos danos causados pela extração de minério. Para ele, o estado precisa, ao mesmo tempo, preservar, mas se desenvolver e fomentar a economia.

Na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o parlamentar afirmou que o extrativismo mineral mesmo ilegal é muito comum na Amazônia,representando a fonte de renda para muitas famílias amazonenses. No entanto, a atividade principalmente relacionada ao ouro  não é ambientalmente licenciável por seu alto impacto poluidor. 

Nesse contexto, o deputado destaca o trabalho de pesquisa científica da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) de Marta Pereira que estuda uma planta chamada pau-de-balsa, capaz de substituir o mercúrio no processo da formação da amálgama do ouro.

“Esse estudo abre o horizonte para a possibilidade de tornar a extração do ouro legal e ambientalmente licenciável, dessa forma, poderíamos fomentar a economia, promover o desenvolvimento e gerar emprego e renda para nossa população”, diz Dr. George Lins.

Ao Viés, o parlamentar enfatizou a importância da Zona Franca para o Amazonas, mas destacou a necessidade de explorar novos caminhos e alternativas econômicas. Para ele, a mineração sustentável e o turismo representam excelentes oportunidades para conciliar preservação ambiental e desenvolvimento econômico.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *