Connect with us

Amazonas

IML libera corpos de todas as vítimas do acidente aéreo em Barcelos

Published

on

Manaus (AM) – O Instituto Médico Legal (IML) liberou, no início da madrugada desta segunda-feira (19), os corpos das 14 vítimas do acidente aéreo ocorrido em Barcelos (a 399 quilômetros de Manaus).

Uma força-tarefa do Governo do Amazonas agilizou a identificação das vítimas e liberação das mesmas para os familiares. O acidente ocorreu na tarde do sábado (16). Não houve sobreviventes. Na tarde de domingo (17), os corpos foram trazidos para Manaus em uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB).

Desde a noite de sábado e durante todo o domingo foram coletados os prontuários civis das vítimas, após solicitação do Instituto de Identificação aos estados de Goiás, Minas Gerais, Maranhão, São Paulo, Roraima e Paraná.

“Os corpos vieram documentados, uma vez que todas as vítimas portavam os documentos pessoais na hora do acidente. Foram identificadas por metodologia técnico-científica, que é a necropapiloscopia, e a liberação ocorreu no início da madrugada”, explicou a diretora do IML, Sanmya Leite.

Participaram dos trabalhos três peritos criminais do Instituto de Identificação, três legistas do IML, além de oito auxiliares técnicos dos dois órgãos.

Trabalho minucioso

O diretor do Instituto de Identificação, Mahatma Porto, disse que em eventos em que ocorrem muitas mortes é preciso que haja uma identificação inequívoca de cada indivíduo. “Não pode haver um simples reconhecimento, uma vez que muitas vezes os corpos estão irreconhecíveis. Não foi este o caso, pois os corpos estavam bem preservados, mas o método científico que atesta a individualização de uma pessoa é a identificação pelas suas impressões digitais, a princípio”, explicou.

O acidente

A aeronave do modelo Embraer EMB-110 Bandeirante levava os 12 turistas a bordo, além do piloto e do copiloto. O avião saiu da capital com destino à cidade de Barcelos, no interior do estado, conhecida pelo turismo de pesca. A queda aconteceu quando o avião pousou na pista do aeroporto. Chovia forte no momento do desastre.

As investigações sobre as causas do acidente serão realizadas pela Polícia Civil do Amazonas e pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.

Vítimas do acidente

– Renato Souza de Assis (GO)

– Marcos de Castro Zica (GO)

– Witter Ferreira de Faria (MG)

– Gilcresio Salvador de Medeiros (GO)

– Roland Montenegro Costa (MA)

– Fábio Ribeiro (PR)

– Luiz Carlos Cavalcante Garcia (SP)

– Guilherme Boaventura Rabelo (MG)

– Hamilton Alves Reis (SP)

– Heudes Freitas (MG)

– Euri Paulo dos Santos (MG)

– Fabio Campos de Assis (GO)

– Leandro Costa de Souza – (RR) – piloto

– Fernando Luiz Galvão Bezerra Júnior (CE) – copiloto

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *