Connect with us

Amazonas

Justiça de São Gabriel da Cachoeira pede instalação de uma delegacia da PF no município

Published

on

Manaus AM) – O juiz de Direito Manoel Átila Autran Nunes, titular da Vara Única da Comarca São Gabriel da Cachoeira (AM), encaminhou esta semana ofício ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino de Castro e Costa, requerendo a instalação, de forma urgente, de uma delegacia da Polícia Federal no município, localizado a 852 quilômetros de Manaus, na região de fronteira com a Colômbia e a Venezuela. Atualmente, a comarca conta com um posto avançado da PF, onde atuam somente um policial federal e um agente administrativo.

No Ofício n.º 70/2023, entre as justificativas para a instalação de uma delegacia da PF, o juiz cita que há uma “forte tendência ao aumento do garimpo ilegal” em São Gabriel da Cachoeira, em razão do fluxo migratório de Roraima para o município, após a destruição desses garimpos explorados nas terras indígenas dos Yanomami, durante as operações dos órgãos governamentais realizadas em 2022 e neste ano.

“Pelo dever de cautela estatal, com vistas a combater o estabelecimento de práticas nocivas provenientes do garimpo ilegal às etnias indígenas radicadas na Comarca, a instalação de delegacia de Polícia Federal é urgente”, menciona.

No ofício, o magistrado reforça que São Gabriel da Cachoeira é um município de grande relevância estratégica para o País, não apenas por sua localização geográfica, mas também por sua diversidade cultural, pela presença de comunidades indígenas – totalizando 23 etnias vivendo na região – e, ainda, riquezas minerais, com reservas de ouro, nióbio e outros minerais.

E que a Polícia Federal possui um papel crucial na fiscalização e no combate às práticas criminosas, garantindo a proteção da biodiversidade e dos recursos naturais da Amazônia e dos povos originários, que também são alvo de outros crimes, como tráfico de pessoas, venda de bebidas alcoólicas e retenção de cartões de benefícios federais por comerciantes locais.

“A instalação de uma delegacia da Polícia Federal na cidade de São Gabriel da Cachoeira é uma medida de extrema importância para fortalecer a segurança e a presença do Estado na região”, completa o juiz.

Rota

Como está situado na fronteira com a Colômbia e a Venezuela, o município está na “rota” de atividades criminosas transnacionais – tráfico de drogas e de armas, além de contrabando, segundo o juiz. “Uma delegacia da Polícia Federal na área possibilitaria ações mais coordenadas e eficientes no combate a essas práticas ilegais, bem como melhorar a cooperação com as autoridades dos países vizinhos e desarticular redes criminosas, fortalecendo a segurança e o controle das fronteiras”, explica.

Ainda no ofício ao ministro da Justiça, Flávio Dino, o juiz reitera que, caso não seja possível a efetivação de uma delegacia da PF no município, que haja um reforço do policiamento atual, o mais rápido possível, a fim de combater os crimes ambientais, “em iminente risco de crescimento, devido à migração de garimpeiros do Estado de Roraima para a região, o que desafia as autoridades locais no combate à invasão de terras indígenas”.

 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *